Os Amigos da Dona de Casa

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Dos 2 primeiros dias de creche na Noruega

Ora bem, ontem estávamos uma pilha de nervos... eu pelo menos estava.

O Miguel estava meio excitado, meio nervoso. Lá queria ir, mas de repente já não queria, depois queria...

Às 7h30, já estavamos à porta da creche. O espaço é todo aberto, as crianças podem circular por toda a creche, em todas as salas, desde as dos mais pequenitos até à sala dos maiores. 

Fomos cumprimentados por uma senhora "grande" e coradinha de seu nome May-Britt e ele mostrou-lhe o puzzle da quinta e ficaram a brincar. Lá fomos embora, ele deu-nos uns beijinhos e saímos.

Por volta das 14h, fomos buscá-lo, completamente aflitos, eu estava agoniada  de ansiedade, que ele estivesse a chorar, cheio de birra, mas não... estavam com o fato de chuva na rua (esteve um temporal horrível ontem) a comer umas tostas e todos satisfeitos.

Viemos para casa e eu reparei que ele estava rezingão, não queria comer,não queria tomar banho, não queria nada, só me queria dar beliscões, puxar as bochechas... perguntei-lhe o que se passava e ele disse-me "tou zangado contigo" e eu perguntei porquê ao que ele me respondeu "não gôto de ti". Caiu-me tudo!!! 

Fiquei tão triste ao ouvir aquilo e associei ao facto dele ter ficado na creche, onde não percebe ninguém, onde ninguém o percebe e é difícil a comunicação até mais básica.

Hoje não queria ir, mas depois de lhe termos dito que ia levar a mochila porque era dia de irem passear ao bosque, lá ele ficou mais animado.

Hoje de manhã, conheceu a Mirjam (Miriam) que esteve com ele a fazer legos e uns enfiamentos e ficou lindamente. 

Fomos buscá-lo às 13h e estavam no recreio - e sim, aqui com mau tempo eles continuam a ir ao recreio, chuva, sol, neve... nada é motivo para não irem brincar. Estava todo satisfeito porque tinham ido ao bosque, tinha comido as 2 sandes, água bolachas e maçã e tinha ido para as ervas e tocado nos pinheiros. Foi pedir água à cozinha da creche e veio todo satisfeito com uma tosta que lhe deram 

E agora tenho de ir limpar o fato da chuva dele, porque está cheio de lama, bem como as galochas.

Em baixo deixo-vos 3 imagens de mais ou menos aquilo que eles usam aqui nas creches - roupa super-prática que se veste em 3 tempos e os deixa à vontade, mas que é cara "pra caneco". Nenhuma fica em menos de 250nok, cerca de 30€. Sendo que eles precisam de deixar roupa na creche e ainda ter o mesmo tipo de roupa em casa :(

P.S. - o 3º fato, macacão, é espectacular para usar em casa - é dar banho, vestir umas cuecas ao rapaz e vestir o macacão e se ele adormecer, não faz mal nenhum. Super-prático.


7 comentários:

  1. Minha querida, os primeiros tempos são difíceis, é normal. Quanto à compreensão, olha, nem que seja por gestos. E ao fim e ao cabo, os miúdos não precisam de se entender para brincarem. Vais ver que daqui a uns tempos ele adapta-se bem. Essas roupinhas têm aspecto de serem super confortáveis :D
    Boa sorte para a continuação :D

    ResponderEliminar
  2. Vai correr tudo bem. Olha eu estou em Londres e trabalho numa creche e temos muitas crianças/bebés que não nos entendem masdepois do periodo de adaptação (que também existe em Portugal começa tudo a ser normal para eles. Beijinho e já agora é de facto uma das coisas que adoro aqui as crianças poderem ir ao recreio todos os dias sem ser importante estar frio/chuva/neve. O que interessa é a roupa.

    ResponderEliminar
  3. Fiquei muito satisfeita de ter notícias tão positivas. Ainda bem que estão todos juntos, de outro modo o fardo seria bem mais pesado. As crinças têm uma facilidade enorme em se adaptarem, muito superior à dos adultos, e o facto de estar com os pais por perto é sem dúvida o melhor para todos!

    Beijinhos e felicidades para vocês

    ResponderEliminar
  4. A adaptação nunca é fácil mas vais ver que vai correr td bem :)

    ResponderEliminar
  5. Se Deus quiser tudo há-de correr bem, vais ver que logo logo ele será o vosso tradutor :)

    ResponderEliminar
  6. Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
    reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
    Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
    decerto que virei aqui mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
    siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderEliminar