Os Amigos da Dona de Casa

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

A minha partida e os porquês

No dia 2 de Dezembro entrei numa empresa de telecomunicações sem saber bem o que fazer.
Com o tempo conheci pessoas fabulosas, fiz novos amigos e aprendi muito.
3 anos depois, e por causa de medidas do presente e má gestão do passado fui dispensada. Ontem foi um dia muito difícil porque me despedi de todos os que conheci.

Não venho de mãos a abanar, mas também não venho rica.

Como não sou pessoa de ficar parada e a ter só disponível o subsídio de desemprego, depois de alguns tempos de desalento e de baixa-estima, agarrei uma boa oportunidade. Mesmo que isso signifique separar-me do meu filho e marido por uns meses, sei que depois vai compensar quando eles estiverem comigo. Seremos uma melhor família, uma família com mais oportunidades, com mais tempo, com mais disponibilidade para tudo. Tenho de acreditar que sim.

Por isso, o blog vai ter de parar um bocadinho porque tenho muita coisa para fazer, incluindo estudar uma língua nova. Tenho muita coisa para tratar antes de ir, para o meu marido não ficar sobrecarregado, tenho de ir comprar roupa bem quente, porque tenho família à minha espera.

O lugar de eleição é a Noruega e vou dia 9 de Janeiro.

Eu acredito que existe uma vida melhor do que aquela que tenho aqui, sempre a contar os tostões no fim do mês. Vamos dar um passo em frente e sair daqui enquanto temos oportunidade. 

Talvez ainda passe aqui para vos desejar Feliz Natal, mas nesta altura tenho tanta coisa para tratar que não posso prometer nada.

Uma boa vida para todas vocês.




12 comentários:

  1. Boa sorte minha querida.
    E que tudo corra bem.
    Vai dando noticias.
    Bjinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Mónica, este é o meu passo de gigante. O meu leap of faith :)Beijinhos

      Eliminar
  2. É triste vermos os nossos partirem, mas é mais do que compreensível. Por aqui estamos na mesma, a piorarem as coisas, fazemos as malas e partimos. Muito boa sorte. Todos os que partem, são heróis.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  3. Boa Sorte. A Noruega é fantástica e tem oportunidades de uma vida!

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  4. Eu também estava no ramo das telecomunicações. E saí ao fim de 20 anos pelos mesmos motivos que tu.
    Que tudo te corra bem. Eu não tenho condições nem coragem de fazer o mesmo.

    ResponderEliminar
  5. Parabéns pela coragem e que tudo vos corra como desejado. Não deve ter sido fácil tomar uma decisão destas. Muita força!

    Beijos/ Mãe e Filha

    ResponderEliminar
  6. É a triste realidade, infelizmente...

    É uma notícia péssima, dizerem-nos que estamos dispensadas. A mim aconteceu-me o mesmo, há uns anos atrás, antes de vir para o trabalho onde estou agora, e acredita que era um atelier de arquitectura de "escravização" mesmo, e desvalorização pessoal, nunca davam valor a nada nem a ninguém, e directas sobre directas - sim, não dormir, 2 dias seguidos a trabalhar - (mesmo assim quando me disseram, fiquei para morrer, não sabia o que fazer nem para onde ir). Muito boa sorte, espero que corra tudo bem! Felicidades e até sempre!... BJINHOS. Anabela

    ResponderEliminar
  7. É do fundo do coração que desejo que tudo corra bastante bem: lá e cá. Deus vai ajudar. Pelo que tenho ouvido falar na Escandinávia existe organização e oportunidades, por isso tudo vai correr bem.
    Beijinhos e Feliz Natal e um excelente 2013.

    ResponderEliminar
  8. Boa sorte...:)
    Beijinhos
    http://entretralhasepanelas.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  9. É preciso ser-se forte e mta coragem para tomar uma decisão dessas! Parabéns e boa sorte! jinho

    ResponderEliminar