Os Amigos da Dona de Casa

terça-feira, 1 de maio de 2012

1º de Maio - evitem ir às compras :)


Dia do Trabalhador foi a primeira conquista do 25 de Abril

O feriado do 1.º de Maio foi a primeira conquista sindical após a revolução de Abril de 1974 e este ano será assinalado sob o lema do combate à austeridade imposta pela intervenção económica internacional, tal como em 1978 e 1984.

A instauração do Dia do Trabalhador como feriado era a primeira de um conjunto de 14 reivindicações que a Intersindical se apressou a apresentar à Junta de Salvação Nacional no dia seguinte à revolução dos cravos.
Foi a 27 de abril que a Junta de Salvação Nacional decretou o 1.º de Maio como feriado nacional para comemorar o Dia Internacional do Trabalhador.
Nesse 1.º de Maio em liberdade, foi escolhida a Alameda Afonso Henriques, em Lisboa, para a concentração inicial e o comicio foi no Estádio desde logo batizado de 1ºde Maio, que não chegou para albergar todos os que participaram no desfile. As comemorações extenderam-se a todo o país, sob o lema "paz, pão e liberdade".
Em Lisboa, onde se estimou uma participação de uma milhão de pessoas, os estabelecimentos comerciais e de restauração encerraram e os hotéis corresponderam ao apelo dos sindicatos dispensando metade do pessoal.
Desde então as comemorações de massas têm marcado a data anualmente, salientando temas relativos à conjuntura sócio-económica.

3 comentários:

  1. Obrigada pela partilha e pelo apelo, Tânia.
    Vivemos numa sociedade com cada vez menos valores. Temos de ser nós a dizer basta e a fazer alguma coisa para contrariar a crescente tendência do consumismo.
    Há serviços que têm de funcionar, inevitavelmente, mas o comércio, é dispensável, hoje e nos restantes feriados e domingos.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. eu não fui às compras...fiquei em casa sossegadinha!!!

    ResponderEliminar