Os Amigos da Dona de Casa

terça-feira, 17 de abril de 2012

:(

E pronto, no seguimento da consulta dos 3 anos do M. eis que vou ficar à espera da carta do HGO para uma consulta pediátrica de desenvolvimento...

desabei no consultório, não conseguia parar de chorar...

a médica marcou consulta tb para os pais ...

Nos próximos tempos sou capaz de não escrever nada, não tenho cabeça para pensar em tachos e panelas, organização, gastos... vou continuar com a minha vidinha patética e quando a vontade regressar, escreverei. Mas por agora não dá.

Beijinhos a todas e continuarei a ler os vossos cantinhos.

17 comentários:

  1. Não sei o que se passa, mas espero que não seja nada de grave! Ás vezes vemos tantas nuvens à nossa frente que não conseguimos ver o que está para lá delas. Tb já passei por uma situação chata e difícil com a minha filha e apesar de tudo apontar para algo mau, felizmente tudo se resolveu pelo melhor!
    Só te desejo é força e pensamento positivo para enfrentar o que tiver de vir!
    Beijinho grande.

    ResponderEliminar
  2. Olá boa tarde!
    Não sei o que se passa mas espero que muito em breve se sinta com coragem para vir ate aqui escrever, pois eu gosto muito do seu cantinho!
    Se calhar ate fazia bem vir até aqui para desaliviar um pouco, sempre se distraia um pouco
    Força e tudo de bom
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Dependentemente do que seja Tânia, desejo-te muita força! Tens aqui muitas seguidoras e leitoras que estão a torcer por ti e pela tua família! Coragem! Pensamento positivo! O caminho é em frente!! Se precisares de força, anda até ao teu cantinho que nós estamos aqui para te apoiar!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Compreendo-te perfeitamente...o meu anda em consultas de desenvolvimento desde os 2 anos...o meu foi por não falar. Apesar de compreender tudo e de se saber exprimir, decidiu não falar...É claro que me sinto a pior mãe, e me culpo, e acho que podia ter feito algo mais...mas é preciso força e ânimo. Por nós e sobretudo por eles.(sim eu sei...dar conselhos é do mais fácil que há!)
    Bjs e muita força. Se precisares de alguma coisa, nem que seja de desabafar...estou por aqui!

    ResponderEliminar
  5. Olá!

    Há alturas na vida em que as nuvens são mais que muitas e que não vemos luz, por mais que nos esforcemos! Eu sei! E sei que há dias em que não apetece nada encarar o mundo nem ninguém... Mas também sei por experiência própria o quão terapêutico é vir aqui e perceber que nesse mundo fora há pessoas a torcer por nós!

    Eu fico aqui a torcer por ti e pela tua família! Sei que vai correr tudo pelo melhor!

    Beijinho grande e muita coragem

    ResponderEliminar
  6. Querida Tânia,
    Só quero deixar aqui uma palavra de coragem e incentivo. Por ti, pelo teu marido e pelo pequeno M.
    ´Sei o que é sofrer com a impotência de não poder fazer mais.
    O maior conselho que te posso deixar é viveres um dia de cada vez e mimares ainda mais o M!
    Escreve se te apetecer, visita.nos se te apetecer, mas sobretudo mantém-te "à tona"!
    Um beijo

    ResponderEliminar
  7. Muita coragem e força.Que tudo não passe de um susto e que corra tudo pelo melhor.Um beijinho grande para ti e para a tua familia.

    ResponderEliminar
  8. Coragem Tânia!!!Espero que tudo se resolva. Ficamos todos a torcer pela tua família e a tua espera...Beijinhos Grandes

    ResponderEliminar
  9. Por vezes as coisas parecem-nos horríveis, mas há que "agarrar o touro pelos cornos" e enfrentar o que aí vier de cabeça erguida!
    A minha filha teve uma displastia da anca em bebé, e eu só consegui (após 3 opiniões médicas diferentes, tanto no público como no privado) que ela fosse diagnosticada já 4 meses depois de marcar a 1ª consulta de ortopedia, tinha ela 6 meses.

    Sei que não é a mesma coisa, mas quando finalmente confirmaram os meus piores receios, me falaram em próteses, em cirurgias e gessos, o meu mundo desabou, e eu chorei tanto naquele consultório que acabei por levar uma "descasca" da médica.

    E... no meio de muitas lágrimas, de próteses horrorosas, no meio de desilusões e pequenas vitórias... ao fim de 6 meses já estava tudo resolvido! Com 1 ano a minha filha aprendeu a sentar-se sem apoio, com 15 meses aprendeu a gatinhar e a pôr-se de pé, com 17 meses finalmente os primeiros passos!

    Muita força e coragem, e vai dando notícias, sim?
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  10. Oh Tânia =( Espero que não seja nada de grave que passe tudo depressa. Qualquer coisa que precises é só dizer!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  11. Não há-de ser nada vais ver! Pode ser apenas um empurrãozinho que ele precisa num instante ele vai deixar de ter essas consultas... muita força!

    jokas

    ResponderEliminar
  12. Força Tânia, vai correr tudo bem.
    Jocas
    Sandra Cabaço

    ResponderEliminar
  13. Espero que tudo corra pelo melhor. Muita força. Bjs Ana

    ResponderEliminar
  14. Desejo que tudo corra pelo melhor para o M e muita forca para a família, melhores dias virão Deus e Pai beijos

    Fernanda Silva

    ResponderEliminar
  15. Que tudo corra bem. Muita força. Lembrar-me-ei de si nas minhas orações, porque a oração produz fruto onde for.

    Bjs

    ResponderEliminar
  16. Um grande beijinho recheado de muita força! :)
    Beijinho
    LBD

    ResponderEliminar
  17. Olá,
    Quero deixar muita força e coragem, tudo vai correr bem.
    Tens um selinho/desafio no meu blogue para quando puderes e se quiseres, claro.
    Beijinhos e bom fim de semana.

    ResponderEliminar